Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada

Publicado: Quarta, 27 de Julho de 2016, 19h32 | Acessos: 1341

Criada a 23 Fev de 1908, na cidade de Santa Maria, com a denominação de 3ª Brigada Estratégica, a Brigada Manoel Marques de Souza 1º sofreu mudanças de denominação e aquartelamento.
De sua origem histórica como 3ª Brigada Estratégica , evoluiu para 9ª Brigada de Infantaria, passando sucessivamente para 5ª Brigada de Infantaria, Infantaria Divisionária da 3ª DI e Sub Comando da 3ª Divisão de Infantaria sediadas em Santa Maria, Infantaria Divisionária da 3ª DI e, finalmente, a denominação atual de 8ª Brigada de Infantaria Motorizada, ambas sediadas em Pelotas, cidade que tão gentilmente acolhe os componentes do Comando da Brigada nos dias atuais.
Dos grandes feitos de suas Organizações antecessoras, a 8ª Bda Inf Mtz herdou uma série de fatos históricos, marcando uma página na história do Rio Grande do Sul, dignificando com eficiência e zelo as tradições do Exército Brasileiro e cumprindo a missão legal de sentinela do Extremo Sul do nosso país.
A frase "Atacar antes de ser atacado", que serve de estímulo aos integrantes da Brigada, foi determinada pelo governador do Rio Grande, Brigadeiro Sebastião Xavier Cabral da Câmara, ao Coronel Manoel Marques de Souza 1º, em 1801, quando este tinha a missão de vigiar a fronteira em Jaguarão. Na iminência de um ataque espanhol, o atual patrono da 8ª Brigada, desencadeou uma ofensiva conquistando o Forte Cerro Largo (atual cidade de Melo - Uruguai).

Cronologia dos prédios que abrigaram o Cmdo 8ª Brigada de Infantaria Motorizada:

Primeiro prédio ocupado pelo Comando da 8ª Bda Inf Mtz na cidade de Pelotas

Segundo prédio ocupado pelo Comando da 8ª Bda Inf Mtz na cidade de Pelotas

Instalações atuais do Comando da 8ª Bda Inf Mtz na cidade de Pelotas
Fim do conteúdo da página